sexta-feira, 19 de junho de 2020

Vinte dias no inferno


Olá amoralescxs mais lindos da minha internet!!!!! Como estão? Por aqui começando a sair das sombras. E vim contar para vocês como foi esse período de trevas na minha mente.


Vinte dias no inferno

Tudo começou no dia 18 de maio, as nuvens se aglomerarem na minha vista e eu deixar de ser eu. Não foi sutil, foi como um soco no estômago. Dormi bem e acordei no inferno.  Eu estava em tormento, não consegui  sair da cama, não conseguia me mover sem ajuda e até o banho tinha que ser assistido. Por dentro  eu dizia "reaja garota" mas por fora eu não conseguia vestir minha calcinha.
Era um verdadeiro 'pás de remédio' que eu estava dançando.

Os dias passavam e eu só piorava, mais confusa, mais sem vontade... mais marionete. Eram tudo efeitos colaterais dos remédios. O que me fez questionar a sanidade de quem os prescreveu. Não dava pra continuar assim e assim o Lítio saiu da minha vida. 

Foram 20 me intoxicando  e  10 me recuperando dos efeitos. Ainda há muito a contar,mas eu precisava contar que estou voltando a ser eu e os posts vão voltar.

22 comentários

  1. Nossa, que complexo!
    Adaptação com medicamentos costuma ser muito complicado mesmo - acompanhei minha mãe na adaptação de antidepressivos e ansiolíticos e é sempre muito difícil.
    É importante não parar do nada e sem acompanhamento médico... E entender direitinho tudo o que está acontecendo no processo, buscar opções melhores e tentar ter paciência com o processo.
    Se cuida, tá?
    Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Estou bem melhor e com novas perspectivas. O remédio não foi bom pra mim definitivamente. Adaptação é complicada, mas o que fazer quando a adaptação é permanente.

      Excluir
  2. Olá, poxa, uma pena você ter passado por uma situação tão ruim, mas espero que as coisas vão melhorando aos poucos por ai! Sorte com a volta do blog! <3

    ResponderExcluir
  3. Nossa, que barra esse período! Já tive algumas fases complicadas por conta de medicamentos também e me identifiquei com esse sentimento. Que os próximos dias sejam de muita luz!

    ResponderExcluir
  4. Devem ter sido dias de muito desespero e tormento para você. Que bom que você já está melhor.

    ResponderExcluir
  5. Que bom que está melhorando, desejo tudo de melhor para você!

    ResponderExcluir
  6. Eita! Que coisa horrível! Imagino quantas pessoas passam por isso e não se dêem conta e nem consigam se recuperar, né

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É o que acontece nos hospícios. Lá não tem ninguém pra vigiar 24hrs as pessoas e elas acabam inertes.

      Excluir
  7. Fico feliz que esteja se recuperando mais o que aconteceu com você moça? Realmente quando coisas assim acontecem, queriamos tanto conseguir mudar as coisas ne

    ResponderExcluir
  8. Fui vítima de um diagnóstico errado. Remédios errados e um verdadeiro terror.

    ResponderExcluir
  9. Desejo muita recuperação seja do remédio, seja física mas acima de tudo aquela verdadeira que volte a sorrir e a ver a beleza da vida viu

    ResponderExcluir
  10. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  11. Meu Deus Paula!
    Melhoras para você, imagino o medo de ter passado tudo isso, mas graças a Deus você está melhorando e que fique bem.

    Aline Silveira do Blog O Poder das

    ResponderExcluir
  12. Mas o que te levou para este lugar sinceramente não entendi tudo, somente que foi dopada por medicamentos forte por prescrição médica.

    ResponderExcluir
  13. Poxa, não é nada fácil passar por isso, espero que você melhore 100% logo e consiga superar tudo
    na vida passamos por alguns momentos pesados

    ResponderExcluir
  14. Nossa!! Complicado tudo isso que esta passando.
    Mas quem bom que esta se recuperando e eu estimo melhoras.

    ResponderExcluir
  15. Fico realmente feliz por você ter conseguido voltar ao blog e que esteja melhor. Se adaptar com novas coisas em nossas vidas é sempre difícil, ainda mais quando envolvem tanto nossa saúde mental. Espero que você vá melhorando, e que logo você vá encontrando motivação para fazer as coisas por aqui <3

    ResponderExcluir
  16. Oi, tudo bem? Nunca tive contato com medicamentos mas acredito que essa adaptação deve ser bem complicada. Mas é preciso pensar pelo lado positivo, em muitos casos eles ajudar a melhorar nossa saúde. Espero que esteja bem. Um abraço, Érika =^.^=

    ResponderExcluir

Comente Aqui!!

Desenvolvido por: Adorável Design Editado por: Renata Massa

imagem-logo