quarta-feira, 6 de maio de 2020

Torn Curtain - Resenha


Olá, amoralescxs mais lindos da minha internet!!!! Ufa, quantos dias sem aparecer por aqui hein. mas retorno com a resenha de um filme que assisti essa semana. Ele é de 1966 e é do gênio do suspense Alfred Hitchcock. Torn Curtain ou Cortina Rasgada é um thriller político de duas horas. Vem conhecer mais sobre esse filme. 



Resenha de Torn Curtain

O filme traz um jovem Paul Newman no papel do Professor Willian Armstrong e Julie Andrews no papel de Sarah Sherman. Ambientado para um congresso de física na capital dinamarquesa, o suspense começa com a primeira mentira de Willian para Sarah, que acha que o noivo irá para Suécia cuidar de estudos naquela região.

Mas gostei dela não ser sonsa e ela descobre que ele está a caminho da Alemanha oriental (sim, para o outro lado da cortina de fogo), a moça resolve segui-lo e acaba envolvida num caso de traição política. Ela descobre que Armstrong irá se juntar a um professor de uma Universidade alemã renomada, para finalizar um projeto cancelado nos Estados Unidos.

O que Sarah não sabe é que Armstrong age como espião e corre grande perigo ao se expor para descobrir o resultado de uma equação matemática.


A partir do momento em que Sarah descobre a verdade, o clima do filme fica bem mais tenso. Procurados pela morte de uma segurança do governo alemão, Willian e Sarah, passam por diversas situações de tirar o folego. Eu mesma me vi roendo as unhas, pois a prisão era tão iminente. 

Após descobertos como traidores da Alemanha e personas non gratas ali, Willian e Sarah contam com a ajuda de uma organização secreta que auxilia pessoas escaparem do país. 


O que achei do filme


Achei bem feito, bem dosado no suspense. E é aí que entra a grande questão, é um suspense político, provando que não precisa de fantasmas e coisas do gênero para fazer um bom filme. As atuações são bem ao estilo Hitchcock de ser. E acredito que esse é o charme dos filmes dele. Numa escala de 0 a 10 eu dou um 8 pra Cortina Rasgada. Mas só porque eu queria um final diferente, mas que fique claro que eu gostei também do final escolhido para o filme.  Recomendo para aqueles que amam cinema e uma boa película. 


4 comentários

  1. Será que somente eu percebi que o ator é muito parecido como carinha que faz Invocação do Mal?
    Olha eu sou uma pessoa super estranha não sou fã de novidades! sauhsauhas isso é estranho,deve ser por isso que eu vejo sempre os mesmos filmes o.O! Mas olha me pareceu interessante,vou criar coragem !!!

    ResponderExcluir
  2. Parace ser muito bom o livro e o filme. Hitchcock é muito maravilhoso sempre.

    ResponderExcluir
  3. Olá!
    Não conhecia este filme, uma ótima opção para o friozinho de hoje.
    Abraços
    Cintia- Coisinhas da Kika

    ResponderExcluir
  4. Opa! Nao conhecia nao, ja fiquei curiosa hein!

    ResponderExcluir

Comente Aqui!!

Desenvolvido por: Adorável Design Editado por: Renata Massa

imagem-logo