quarta-feira, 8 de abril de 2020

Rosácea- Você sabe o que é?



Olá, amoralescx mais lindx da minha internet. Conversando com meu irmão sobre que pauta trazer aqui pra você e ele me sugeriu falar sobre rosácea.Como não é um assunto muito divulgado eu achei que era uma boa, pois mais de 2 milhões de pessoas sofrem desse problema somente no Brasil. Tem muita, mas muita informação na internet, foi aí que resolvi fazer um resumo do problema. 

O que é rosácea?

De acordo com o Drauzio Varella, essa é uma doença crônica e inflamatória da pele, que pode se manifestar no centro da face ou expandir-se pelo queixo, nariz, bochechas e afeta mais adultos na faixa dos 30 aos 50 anos. Mas não é justo definirmos apenas como uma doença de pele, pois ela tem um impacto social também.        

Mas vamos nos ater ao quadro clínico primeiramente. Em pesquisa no site do Hospital Israelita A. Einstein, descobri que a causa não é definida ainda, mas existem fatores que podem contribuir para o aparecimento da rosácea, como disfunção em vasos sanguíneos da pele, reações inflamatórias mediante micro-organismos na pele e mesmo imunidade alterada e moléstia por parte dos raios ultravioleta. 

Quais os tipos de rosácea e como tratar?

Em leitura ao site Derma Club, descobri que existem vários tipos de apresentação da doença. e podem ser:

↠ Eritemato Telangectasia

Esse é o tipo mais comum, no qual a pele apresenta vermelhidão e os vasos ficam aparentes. É de fácil detecção, por se concentrar no centro do rosto e se agravar consideravelmente com a ingestão de álcool, exposição solar entre outros. Um sintoma é a ardência As formas de tratamento dão-se por meio de remédios anti-inflamatórios direcionados ou até mesmo tratamento a laser. (Esse não é um consultório médico, então procure ajuda se você sofre com o problema)

↠ Pápula Pustular

A principal característica além da vermelhidão , é o surgimento de lesões que são semelhantes a espinhas. O tratamento pode ser tópico ou via oral. (Tópico= pomadas anti-inflamatórias)

↠ Fimatosa

Nesse caso em particular, a pele adquire um aspecto mais espesso e vermelho, chegando em alguns casos ao nariz da pessoa afetada, dobrar de tamanho. Isso pode comprometer áreas ao redor. Nesse caso, pode ser necessária cirurgia para redução da pele. 

↠ Ocular 

Esse tipo de rosácea afeta a região ciliar e gera descamação e vermelhidão. Deve ser tratada para que não implique em declínio da função visual da pessoa. Os medicamentos nesse caso, devem ser prescritos por um oftalmologista e a área sempre muito bem higienizada. 

Cuidados para a pele 

↣  Usar uma loção de limpeza para pele sensíveis. Isso é necessário pois irá garantir uma limpeza mais suave com ativos que contenham uma base calmante e anti-inflatória. 

Usar hidratantes com prebióticos, pois protegem os microorganismos saudáveis da pele e fortalecendo mais ainda a barreira cutânea.

Finalize com um filtro solar de alto fator de proteção, de preferência do 50 pra mais. 

Mas essa é uma torina, que deve ser seguida diariamente para que ajude a melhorar o aspecto da pele. Até porque cada pessoa deve ser tratada de acordo com seu tipo de rosácea. Mas apesar de não ter cura, existem medidas a se tomar para amenizar o problema, como:

↪ Evitar comidas picantes, quentes e exóticas;
↪ Evitar muito calor ou muito frio;
↪ Evitar tabagismo;
↪ Evitar uso de produtos com fragrância, álcool, parabenos e outros agentes irritantes;
↪ Usar protetor solar de amplo espectro;
↪ Apostar em cosméticos calmantes como a água termal. 
↪ Usar produtos anti-rubor;
↪ Usar maquiagem hipoalergênico.





Agora falando da esfera social, esse é um problema que pode afetar o auto-estima da pessoa afetada. E cabe a nós que não passamos por isso ter a sensibilidade de não fazer perguntas constrangedoras, comentários maldosos ou mesmo excluirmos a pessoa de atividades rotineiras e até fotos. Um caso famoso de rosácea é o jogador de futebol Alisson Becker, goleiro da nossa seleção de futebol. Quando em temperaturas extremamente frias esse tem uma piora dos seus sintomas, porém encontrou no futebol sua base e sinceramente, não acredito que a rosácea impeça as qualidades dele como profissional e como pessoa. 



Lembre-se esse é um problema de pele que não é transmissível. Se você possui, isso não te faz menos que ninguém. Com o tratamento correto é uma condição que se ameniza. Preconceito vai sempre ser ridículo e existir, mas você não está só, você é mais. Espero que esse resumo tenha te ajudado a entender um pouco essa enfermidade. 

2 comentários

  1. Muito bem! Que Matéria, que pesquisa! Caramba.
    Muito bem explicado, confesso que eu não conhecia até um amigo dizer que tem.
    Achei de mais !
    Obrigado pelo conteúdo de qualidade. Vou Indicar para ele!

    ResponderExcluir
  2. Oiê, tudo bem ? Eu tenho rosácea no nariz e bem complicado de se mudar mais ainda bem que não é tão notável ... Mais obrigada pela resenha . Beijoss

    Segredosdamarii.blogspot.com

    ResponderExcluir

Comente Aqui!!

Desenvolvido por: Adorável Design Editado por: Renata Massa

imagem-logo