quinta-feira, 29 de março de 2018

Crônicas Da Hiperatividade




Olá, amorecos! Tudo bem? Estamos que estamos com posts novos regulares e agora tem quadro novo também. O nome dele eu atribui a minha habilidade de ter um estalo mental e ser possuída pela hiperatividade. Eu saio escrevendo o que estou sentindo e pensando. Então, preparem-se para textos bem pessoais, cheios de opinião e até de humor. Será um quadro mensal e eu espero que você goste e até me sugira temas. Você sabe, sem você eu não sou ninguém. Vamos pra primeira Crônica da Hiperatividade?




Depressão e a vontade de voar

Ter depressão. Vi a depressão.  Tenho depressão. Depressão... Kurt, Amy, Heath, Whitney, Michael, Chorão, Champignon, Chester, Chris… a lista seria enorme. Bem-vindo ao lado da depressão  que nada tem de glamour.
Você costumava ser ativo, sociável, feliz, com hábitos saudáveis e muitos amigos e em um dia negro sem aviso, sem sms para avisar da sua chegada, você sente uma súbita vontade de não sair da cama. Você apenas cede e vê as horas se arrastarem até perceber que o dia se foi. Você pula refeições e aparentemente se sente bem, até uma força maior que você te obrigar a comer uma pizza inteira. As mensagens que chegam em seu celular parecem te irritar e você escolhe ignorar. Vira pro lado e dorme. Acorda. Dorme. Acorda. Dorme. Aí percebe que se foi à semana. E assim os dias vão correndo.
Você sai da cama obrigado, passa a fingir um sorriso que não existe – e isso te dá fortes dores nas costas, limita sua interação com o resto do mundo apenas a atividades extremamente importantes e das quais você não tem como fugir, e voltar para casa é sempre a melhor parte do seu dia.
As mensagens que antes borbulhavam em seu smartphone, agora começam a rarear e você percebe que estava certo ‘’ninguém se importa’’, ‘’era tudo teatro improvisado atrás de algo que você poderia oferecer’’. A comida parece uma aliada conveniente e bem intencionada – ou não, as vezes o efeito é contrário e você também a afasta da sua vida.
Os matizes da vida perdem a cor e ficam em escalas de cinza, como se a vida fosse uma grande tempestade e você fosse o único a não ter um abrigo. As luzes se apagam. A culpa aparece para te lembrar de que se você fosse algo ou alguém na vida, sua casa agora seria o celeiro que abrigaria seus amigos para aquele happy hour após o trabalho. E a felicidade veste uma toga negra e senta-se em seus ombros.
Ao redor as pessoas não enxergam sua confusão e as pressões continuam, ser perfeito, casar, ter filhos, ter sucesso profissional, ter, ter, ter... você apenas cultiva a raiva de si por não ter. Então lembra-se da sua dose diária de rivotril, que te fará voar por alguns instantes antes de te dopar por algumas horas. O voo para a terra do nunca, para a terra de ninguém, onde você é aceito por ser apenas você. Bem, até o despertar que é quando tudo começa novamente. Um loop temporal. A condenação a ver seus dias iguais vez após vez.
A dor cresce e lembra-se daquelas mensagens raras? Elas não existem mais e é nesse ponto que a dor aumenta e não é mais emocional, ela é física e  inexplicável, seus ossos e músculos doem e  as leis da física se tornarem obsoletas, afinal como explicar que seu dedo não tem ossos?
Indiferença passa a ser sua palavra favorita e é assim que seus dias são: indiferentes. Ninguém se importa... pelo menos não que você venha a perceber, nada importa. E os pensamentos de por um ponto final começam a ferver dentro de você. Voar uma última vez.
Ter depressão é viver com medo, com dor, com culpa, com sofrimento. É ser uma caricatura do que você costumava ser. É ser o alvo... sempre. Não é glamouroso e nem meta de vida. É continuar a andar mesmo querendo voar.

**Texto de autoria de Paula Marcondes, qualquer cópia ou reprodução deve ser dado o devido crédito.**

68 comentários:

  1. Nossa, oque disse e algo tão lindo, palavras tão verdadeiras. voce escreve muito bem uaaaau. a Parte do ninguem se importa eu fiquei tipo, caramba isso e tão vida. eu amo o seu blog depois de ler esse post vou acompanhar mais ainda.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico bem feliz que tenha gostado e muito lisonjeada.

      Excluir
  2. Eu reconheci esse texto por causa de uma amiga minha.Quase chorei vendo e lembrando de todas essas atitudes dela :(
    é tão triste né? a vida é tão barra pesada sometimes.

    :(

    texto lindo, mesmo que triste.

    beijão
    https://floreiacarol.blogspot.com.br/
    https://bookelandia.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Carol.
      As vezes temos de falar a real.

      Excluir
  3. Eu já tive depressão e síndrome do pânico e realmente é difícil e nao, nao tem glamour!! Pra quem conseguiu sair afirmo ser uma luta diária pra nao retornar ao mesmo estado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É muito fácil cair nesse estado mas difícil sair...mesmo que o sorriso exista a dor está lá.

      Excluir
  4. Já tive depressão é uma doença muito difícil, hoje em dia posso dizer que já sai mais não é fácil.

    ResponderExcluir
  5. Eu já tive depressão já me tratei de anorexia e só quem vive esse universo sabe como é adorei ruas palavras e o modo que expressou a situação, belo texto querida! beijão

    http://www.cherryacessorioseafins.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Simone. Também me tratei contra disturbios alimentares.

      Excluir
  6. Sabe quando a gente não sabe por onde começar um comentário, li seu texto logo apos ter visto o filme do Steve Jobs num sexta feira da paixão. É que teria tanta coisa para falar e conversar com você, começando pelo fato de haver tido depressão, este vazio da alma que angustia e em vezes leva pessoas a atitudes desesperadoras é serio, talvez você diga que acredita ou não acredita e que em vezes tem falado com ELE e que não tenha nada haver... Faça um teste tente pela próxima semana fazer a leitura da bíblia do evangelho de João. Na correria do dia a dia deixamos que outras coisas mexam com nosso interior. Beijos

    ResponderExcluir
  7. Um texto tão perfeito, que mostra a realidade, mas ao mesmo tempo tão triste, parabéns você escreve muito bem

    ResponderExcluir
  8. Ai, nossa, acho que seu texto meio que foi um gatilho para mim... =(
    Você escreve muito bem, mas o tema é muito triste e revoltante ao mesmo tempo. Triste porque estamos todos fadados a essas cobranças e muitos não conseguem suportar e revoltante porque para quê tantas cobranças e expectativas?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é...somos bombardeados com cobranças e esteriótipos impossíveis.

      Excluir
  9. Que text emocionante, verdadeiro depressão é algo que deixa marcas na pessoa, é uma coisa que acontece com muitas pessoas. Depressão é uma doença que marca a pessoa, mas a depressão não pode tirar a alegria de viver, gostei bastante do texto bjs.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mas tira a alegria de viver. Depressão é como estar morto em vida.

      Excluir
  10. Cara! Já passei por isso e não é bom, é nada bom... Você passa a ver o mundo de uma forma que não consegue explicar para outras pessoas e é justamente isso que acontece... As pessoas que nunca passaram por isso não conseguem entender, só sabem dizer "mas por que? Ela/ele tem tudo na vida..." E eles nunca entendem... :(

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nunca ninguém entende. Só vivendo pra entender.

      Excluir
  11. Olá, Paula!

    Que forte, nossa! A depressão é uma doença que, por si só, já causa um certo desespero; mas vê-la tão cruamente escrita é sempre impactante. Gostaria que menos pessoas a conhecessem tão de perto assim, a ponto de entender plenamente tudo que você quis passar. Foi um excelente texto para sentir e pensar, parabéns!

    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada. Infelizmente é o mal do século e ceifa milhares de vidas.

      Excluir
  12. Uau sem palavras, texto impecalvel,fico muito feliz em visitar um blog e ficar impactada com o texto,voutarei mais vezes com certeza!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Cris. Fico feliz que tenha gostado.

      Excluir
  13. Joici Souza30 de março de 2018 18:33
    Esse é um assunto sério, e que algumas pessoas ainda não se tocaram o que é realmente Depressão. Gostei muito do seu texto, me fez refletir. Amo textos assim, mais pessoais. Bjs

    ResponderExcluir
  14. Olá!Excelente texto,triste,verdadeiro e muito sofrido,mas é a realidade infelizmente as pessoas não tem noção de como é terrível a depressão,ninguém sabe seu sofrimento até passar pela mesma situação,é para refletir.
    Ótimo post bem esclarecedor!Bjss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Maria. Fico feliz que tenha gostado.

      Excluir
  15. Ja tive depressão e realmente é um mundo negro e nada glamouroso pelo contrário é triste e doloroso adorei o texto.

    ResponderExcluir
  16. Que texto tocante, fala de uma forma muito realista de todo o universo da depressão. Acho que nesse caso todo o apoio da família e dos amigos é importante, além da ajuda de profissionais.

    ResponderExcluir
  17. Respostas
    1. Né...sei que você conhece esse lado obscuro também. Obrigada pela visita...fico honrada de te ver por aqui.

      Excluir
  18. Nossa que texto incrível e tocante! Parabéns pelo post. Bjs Sucesso!

    ResponderExcluir
  19. Adorei o texto ! Profundo e realista com certeza !

    ResponderExcluir
  20. Depressão! Uma palavra bem familiar para mim. Tenho há dois anos e os sintomas não são nada agradáveis.

    ResponderExcluir
  21. Vale chorar lendo esse texto? Eu estou em lagrimas. Depressão é saber que existe a luz, ela está lá, mas quem tem esse mal não consegue enxerga-la.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vale e vale me deixar emocionada com seu comentário também.

      Excluir
  22. Depressão é algo muito sério, já é uma velha conhecida minha e não tenho saudades dela!!

    ResponderExcluir
  23. Um texto muito profundo e verdadeiro. Depressão é assunto que deve ser abordado, alertado e todos devem tentar entender e aprender como ajudar! Depressão é sério!

    ResponderExcluir
  24. Oi Paula! Uau, que texto. Apesar de não ter depressão ou outra doença psicólogica, convivo com parentes e amigos que tem e já dá pra ver o quanto é difícil.
    Uma amiga já me disse uma vez que a cada crise, é como se um pontinho de luz se apagasse dentro dela. E aquilo me deixou tão triste e até preocupada. Não posso imaginar como é viver assim, mas torço para que sempre uma força se faça presente, para que vocês possam lutar.
    Parabéns pelas palavras incríveis. Beijos

    https://almde50tons.wordpress.com

    ResponderExcluir
  25. Amei o texto ! Adoro crônicas, ainda mais falando sobre um tema tão legal quanto esse !

    ResponderExcluir
  26. Esse tema é muito dificil, quem nunca passou por isso acha que é "frescura", mas é uma doença muito séria que leva a pessoa a se autodestruir aos poucos, voce falou muito bem sobre ela, beijos!

    ResponderExcluir
  27. Olá.
    Preciso dizer que adorei seu texto, às vezes é difícil colocar em palavras o que é algo, no caso a depressão, mas acredito que você conseguiu fazer isso muito bem.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Felipe. As vezes as palavras só fluem.

      Excluir
  28. curti o texto, não tive depressão, mas minha mãe quase teve, curti o post

    ResponderExcluir
  29. Texto profundo já tive depressão quando morava no exterior e não tinha amigos, que falassem meu idioma. A neve a maior parte do tempo. O que me fazia viver era que na época meu filho era muito
    pequeno e precisava de mim.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que triste Rose. É uma situação que parece um labirinto. Fico feliz que tenha saído dessa.

      Excluir
  30. Infelizmente essa é a dura realidade de muitas pessoas, inclusive da minha mãe.... a ajuda dos médicos pode ajudar muito.

    ResponderExcluir
  31. Depressão é algo muito delicado. Às vezes nos sentimos só não importa quantas pessoas estejam ao nosso redor, por vezes não sentimos nada.. É algo que vai nos matando aos poucos.

    ResponderExcluir
  32. Lindo o texto, já convivi com pessoas que passavam por isso. É uma situação bem complicada...

    ResponderExcluir
  33. Olha ai ...mas que texto bem redigido e de fácil assimilação. ..
    www.robsondemorais.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  34. Perfeito, depressão é coisa seria e sempre tem que ser tratada como tal

    ResponderExcluir

Comente Aqui!!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...